MENU

terça-feira, 20 de abril de 2010

Lady laura

with 1 comentários
Lady laura, a figura do amor materno ficou imortalizada nesta bela musica de roberto carlos. a nossa homenagem a esta pessoa que ensinou roberto carlos a andar, falar, cantar... e que transmitiu a ele toda a sensibilidade e o amor de mãe...

Tenho às vezes vontade de ser
Novamente um menino
E na hora do meu desespero
Gritar por você
Te pedir que me abrace
E me leve de volta pra casa
E me conte uma história bonita
E me faça dormir
Só queria ouvir sua voz
Me dizendo sorrindo
Aproveite o seu tempo
Você ainda é um menino
Apesar de distância e do tempo
Eu não posso esconder
Tudo isso eu às vezes preciso escutar de você

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me conta uma história
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me abrace forte
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Quantas vezes me sinto perdido
No meio da noite
Com problemas e angústias
Que só gente grande é que tem
Me afagando os cabelos
Você certamente diria
Amanhã de manhã você vai se sair muito bem
Quando eu era criança
Podia chorar nos seus braços
E ouvir tanta coisa bonita
Na minha aflição
Nos momentos alegres
Sentado ao seu lado, eu sorria
E, nas horas difíceis
Podia apertar sua mão

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me conta uma história
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Lady Laura, me leve pra casa
Lady Laura, me abrace forte
Lady Laura, me faça dormir
Lady Laura

Tenho às vezes vontade de ser
Novamente um menino
Muito embora você sempre acha que eu ainda sou
Toda vez que eu te abraço e te beijo
Sem nada dizer
Você diz tudo que eu preciso
Escutar de você....
Roberto Carlos

1 comentários:

  1. Sinn-Klyss disse...

    A mãe do Rei (de fato, como o Pelé, e o Senna) seria ela em qualquer País. Num país esquisito e cheio de mentiras, ela mostrou o que é ter filho ... deixou-o livre como um colibri (e quantos não sabem como aquela turma do Tim e Vande faziam o Rio ser o Belo Rio -- a garotada sabia viver, e usufruir a liberdade das ruas, das amizades; sem capangas e traíras infiltrados nas diversões).
    A Lady não precisava de mídia pra "mostrar" 'familiazinha feliz', não se escorava no filho, apenas o amava.
    A Bela "Ragazza" era "a mãe". Que de tanto que recebeu só mesmo mostrou o valor da liberdade e afeto que deu ao filho.
    E muito maior presente que um iate, o Rei lhe deu essa canção, que mostra a nós seres humanos o valor que uma femina tem em nos legar sua psiquê.
    Lady Laura, tua frequência ressona fazendo a beleza de nosso viver no Planeta.
    Agora vc continua em nós ...

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!