Uma Fábula Judaica

Uma Fábula Judaica

Três mulheres conversando ao lado de um poço. Um velho as escutava.

A primeira mulher dizia: - Meu filho é muito forte, corre e pula.

A segunda dizia: - O meu filho canta como os passarinhos.

A terceira mulher nada dizia, então o velho perguntou: -Você não tem filhos?

Ela respondeu: - Tenho, mas ele é um menino normal como todas as crianças.

As três mulheres pegaram seus potes cheios de água e foram caminhando.

No meio do caminho, elas pararam para descansar e o velho homem sentou ao lado delas.

Logo elas viram seus filhos voltando para perto delas.

O primeiro vinha correndo e pulando, o segundo vinha cantando lindas canções.

O terceiro não vinha pulando nem cantando, ele correu em direção a sua mãe e pegou o pote cheio de água e levou para casa.

Então as três mulheres perguntaram para o velho homem:

- O que o senhor achou dos nossos filhos?

E o velho homem respondeu:

- Realmente, eu acabei de ver três meninos, mas vi apenas um filho.

Recebi sem indicação da AUTORIA.
0

Seja luz

seja  luz
Você pode ser a luz que ilumina a vida de alguém em um mundo tão  individualista, de pessoas egoistas, você pode ser luz, o menor foco de luz, na escuridão de um tunel é o suficiente para quem está perdido achar o caminho de volta;


há pessoas em trevas, pessoas que precisam de sua ajuda, há pessoas perdidas no mundo das drogas.


há pessoas passando fome.


há pessoas precisando de uma palavra de carinho.


há pessoas precisando de uma gentileza sua.


todo mundo pode ser luz, basta querer, se cada pessoa fizer a sua parte, sendo luz, o mundo ficará bem melhor.


Luciano Soares

Tenha fé no futuro.

Tenha fé no futuro.


É da natureza da planta crescer e da natureza da água limpar.

Em você, a esperança existe para elevá-lo; a paz, para alegrar o
coração; o bem, para beneficiar; o progresso para dar sentido à vida; e a felicidade, para unir a Deus.



Faça o bem e tenha consigo esperança, paz, progresso e felicidade.

Você age conforme a sua natureza profunda, ao se considerar com qualidades, possibilidades de perfeição, capacidades de se dirigir e de ser cada vez mais feliz.



Só é felicidade verdadeira a que custa sacrifícios.


Lourival Lopes
0

Cuida do teu dia

Cuida do teu dia, desde os primeiros instantes.
Quando acordas, a tua mente se prepara para as atividades
do dia e apresenta condições ideais para aceitar e
firmar os bons pensamentos, tal como uma terra
virgem à espera de boas sementes.
Inicia bem o dia.
Desde os primeiros momentos, pensa em coisas alegres,
proveitosas, e afirma com convicção:
HOJE, AMAREI MUITO E TUDO TOLERAREI.
NÃO TENHO AFLIÇÕES OU RANCORES.
O ONTEM JÁ PASSOU.
SOU FELIZ.
Os primeiros instantes são os pés que sustentam o dia.
Merecem trato especial.
Faz boa corrida o atleta que vai
bem desde os primeiros passos.
(Lourival Lopes)
0

Olhe-se com saúde

Olhe-se com saúde

Amigo, você veio a ficar doente.

O seu corpo não lhe obedece mais

e a dor o visita. Não pense, porém, em decadência.

Levante o seu entendimento.

Você é um ser divino e eterno.

Confie no poder de Deus.

Vença a prostração e o desânimo

com atitudes mentais positivas.

Compreenda, o corpo é apenas seu instrumento.

Você é muito mais.

Julgar-se saudável, mesmo na hora da doença,

é demonstrar completa confiança em Deus.

Lourival Lopes
0

faça voar o pensamento.

faça voar o pensamento.

Sensibilize o coração e imagine a beleza do sol, que,

antes de aparecer no horizonte, já manda luzes.

Aos poucos, ele clareia a superfície da terra,

revelando flores, folhas de árvores, riachos e aves,

as quais, alegres, abrem as asas e percorrem

os ares com grande encanto.

Tudo é belo.

E o sol reina.

Há também beleza em seu interior.

E então você se lembra de si mesmo.

E se vê com uma beleza ainda mais real que a externa.

E o seu coração agradece a Deus, que fez

o próprio sol, a você e a tudo o mais.

Pensar em beleza é sublimar o espírito.

Lourival Lopes
0

PERSEVERAR NO BEM

PERSEVERAR NO BEM

NÃO, NÃO PARE.
INICIAR O BEM
É UMA GRAÇA DE DEUS.
CONTINUAR SEGUINDO PELO BOM CAMINHO
E NÃO PERDER O RITMO...
É A GRAÇA DAS GRAÇAS.
NÃO DESFALECER , QUANDO FRAQUEJAMOS
E , JÁ NÃO PODENDO MAIS,
MESMO FRÁGEIS E PEQUENINOS,
SEGUIR AVANÇANDO ATÉ O FIM.

"D. HÉLDER CÂMARA"
0

frases sobre motivação

frases sobre motivação
1- Tenha motivação para dar e vender.

2- Um ser humano motivado é contagiante .

3- Não tenha medo de nada e ninguém, seja motivado e faça tudo o que lhe for proposto com prazer.

4- Olhe para o céu, as flores , sua linda familia . Deus estava motivado quando criou tudo isso.

5- Seja simples motive tudo ao seu redor.

6-A motivação é caracteristica dos fortes.

7- Pare de olhar a dificuldade , motivi-se

8- Olhe como são belos os sorrisos que te oferecem , sorria também.

9- Motive o mundo e o mundo será sua motivação.

10- As melhores fontes de vida estão sobre as pessoas que são motivadas e fazem dessa motivação uma escada para o sucesso.
0

NADA DE IDEAIS AO ALCANCE DA MÃO


NADA DE IDEAIS AO ALCANCE DA MÃO

Gosto de pássaros
que se enamoram das estrelas
e caem de cansaço
ao voarem
em busca da luz...

Do livro “MIL RAZÕES PARA VIVER” (Meditações do Padre José), de Dom Hélder Câmara.

caminhos da vida e do amor


caminhos da vida e do amor


Pablo Neruda, poeta chileno, prêmio Nobel de Literatura, usou sua escrita como arma para a conscientização das pessoas.
Entre seus milhares de versos está este:
“É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar, esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se desencontraram”.
A pessoa se apaixona e vive um grande momento. Recheia sua mente de bons momentos e de experiências profundas. A paixão correspondida produz marcas deliciosas em seu corpo e na  sua alma.
A delícia de amar é confirmada na simples lembrança de um olhar ou de um sorriso. A vida está intensa, porque algo transborda de dentro desta pessoa.
Tudo se torna mais lindo, os sofrimentos ficam menores e o resto do planeta pouco importa.
Amar é movimento, é um estado mental. É uma delícia! Se correspondido, esta vivência se multiplica.
Qual a importância de alguém que nos destrata na rua se pulsa em nosso corpo a imensidão do amor? Este destratar torna-se  insignificante. O amor, amplificado pela paixão, coloca tudo na sua devida dimensão.  Isto é: se tivermos a vida intensa, transbordando de dentro para fora de nós mesmos, sempre será insignificante alguém nos destratar. Por outro lado, quando a vida está empobrecida ser destratado fere o orgulho e desperta raiva, rancor ou tristeza. O que o poeta nos ensina é como não empobrecer a vida.
O amor nos mostra quem nós podemos ser e a vida que podemos ter. A paixão e o amor por alguém é apenas a primeira porta a ser aberta. Viver em estado mental de amor é o objetivo.
Permitir que o amor flua de dentro para fora sempre é a meta da evolução. O amor por alguém é o treino.
O amor nos ensina verdades e amplia a consciência com o objetivo de entendermos as Leis de Deus.
Algumas vezes o amor por alguém, principalmente quando amparado pela paixão, termina. Tal qual as estações do ano, ele se vai. Ele deixa de fluir ou o outro não retribui.  O que sobra?
Os momentos de amor intenso geraram altas expectativas. Agora é o momento das expectativas frustradas. A falta, o não ter, a carência… O que fazer?
A mente reativa reage. Se as expectativas são frustradas respondo com agressividade, angústia, medo, insegurança, dúvidas, confusão mental, etc. A máquina de destruição começa a funcionar a mil por hora. É necessário destruir todas as memórias e todos os aprendizados que geraram a expectativa e que são a causa identificada da dor.
O nome disso: autodestruição e autoboicote.
A pessoa perdeu e não tolera a perda. É preciso destruir algo dentro de si. Alguns tentam destruir a outra pessoa. Quase todos tentam destruir o que existe de bom dentro da mente, pois é dali (acreditam eles) que emana toda a dor.
Dizem em meio ao sofrimento que querem esquecer tudo. Esquecer tudo significa esquecer o que é bom, pois o que é ruim é cultivado.
Em pouco tempo a máquina de destruição, com raiva e vingança, destrói uma parte de si mesmo. É como uma pessoa que tem dor no pé e que resolve o problema cortando-o fora. Passará o resto da vida mancando. Seu foco é ficar sem dor no pé, ele conseguiu. Não sofrerá mais desta dor. Perder uma parte de si é a solução da mente reativa.
A mente de uma pessoa que tem a mente clara (não reativa) age diferente. Ela sente a dor da perda. Ela liga a máquina de autodestruição, mas não consegue colocá-la em prática. Falta-lhe o combustível destrutivo, pois ela se preparou para intensificar a vida e cultivar o que é nobre. Assim sendo, a gratidão, a benevolência e a boa vontade se mantém em um nível tão grande que ao invés de caminhar para a autodestruição e pessoa caminha para o sacrifício.
Sacrifício é o sacro ofício, ou seja, o trabalho sagrado. O trabalho sagrado, neste caso, é preservar o que aprendeu e as experiências vividas no amor correspondido. Mesmo que o sofrimento momentâneo seja maior, a escolha é preservar as memórias benéficas. Preservar o belo, o bom e o saudável. Preservar o que é nobre e não se deixar dominar pelo que é destrutivo. Eu sofro, mas não me destruo.
A experiência do amor preservado, a mente fortalecida pelo sacrifício e os sentimentos nobres estimulados serão a força para gerar a evolução espiritual profunda: manter o estado mental que permite ao amor fluir sempre.
Manter as delícias de amar, permitindo que o amor flua. Somente a mente clara, que passou pelo sacrifício de manter toda a nobreza pulsando dentro de si, é que consegue atingir este objetivo.
Esta é a mensagem do poeta: “É proibido … esquecer seu sorriso, só porque seus caminhos se desencontraram”.  No início pode ser difícil porque é a hora do sacrifício. Mas, com a manutenção do que é nobre e o fortalecimento da mente, o amor sempre renovado (porque se mantém fluindo) recoloca tudo em sua devida dimensão. As lindas experiências não foram destruídas, por isto estarão disponíveis para o amadurecimento da alma.
A sabedoria está em não se destruir porque houve uma frustração. O sábio mantém tudo de bom através da gratidão, do carinho, da benevolência,etc. e sempre amplia sua consciência.

MUROS E PONTES

MUROS E PONTES

"Quem constrói muros, não quer ver ou ser visto...
Mas quem constrói pontes, quer ir e voltar.

Quem constrói muros, não vê nem os amigos...
Mas quem constrói pontes, cria um elo com as pessoas.

Quem constrói muros, tem medo...
Mas quem constrói pontes, é corajoso.

Quem constrói muros, fecha-se dentro si mesmo...
Mas quem constrói pontes, abre novos caminhos.

Quem constrói muros, se vê preso dentro deles...
Mas quem constrói pontes, é livre.

Quem constrói muros, tende-se a ser egoísta...
Mas quem constrói pontes, quer levar e trazer.

Quem constrói muros, quer privacidade total...
Mas quem constrói pontes, faz da vida um livro aberto.

Construa mais pontes do que muros em sua vida...
E pode acreditar que
Você será uma
Pessoa muito feliz!"
0

NÃO É ESQUISITO QUE...

NÃO É ESQUISITO QUE...

Quando o outro não faz é preguiçoso.
Quando você não faz... está muito ocupado.

Quando o outro fala é intrigante.
Quando você fala... é crítica construtiva.

Quando o outro se decide a favor de um ponto,
é "cabeça dura".
Quando você o faz... está sendo firme.

Quando o outro não cumprimenta, é mascarado.
Quando você passa sem cumprimentar... é apenas distração.

Quando o outro fala sobre si mesmo, é egoísta.
Quando você fala... é porque precisa desabafar.

Quando o outro se esforça para ser agradável,
tem uma segunda intenção.
Quando você age assim... é gentil.

Quando o outro encara os dois lados do problema, está sendo fraco.
Quando você o faz... está sendo compreensivo.

Quando o outro faz alguma coisa sem ordem, está se excedendo.
Quando você faz... é iniciativa.

Quando o outro progride, teve oportunidade.
Quando você progride... é fruto de muito trabalho.

Quando o outro luta por seus direitos, é teimoso.
Quando você o faz... é prova de caráter.

Pense nisso e reflita.....
0

Um dia de pescaria


Michel trabalhava em um hotel fazenda como instrutor de pesca. Seguro de si, por vezes ria intimamente dos erros cometidos pelos pescadores iniciantes. Eles pareciam tão tolos. Pescadores de final de semana.
Com certeza, o tipo mais extravagante que ele já conhecera era aquele que estava em sua frente. Parecia um modelo de catálogo de roupas esportivas.

O colete de pescaria era novo. Estava tão duro que parecia engomado. Todo o equipamento de pesca reluzia. Era especialmente novo. O feltro das botas era branco como neve. A vara de pescar nunca tinha sido usada e a carretilha estava montada na posição contrária.

Rico e exigente, pensou o instrutor.

No entanto, quando estendeu a mão recebeu um aperto forte e sincero.

A mulher do principiante tirou uma foto como lembrança e depois os deixou a sós.

O instrutor acertou a posição da carretilha. O aprendiz deu de ombros e riu de si mesmo. A lição de arremesso da linha foi ali mesmo no gramado. Depois foram para o rio.

Quando o principiante apanhou o primeiro peixe, soltou gritos de alegria. Na sequência, a cada peixe que pescava, fazia novos comentários.

Não é lindo? Fantástico? Maravilhoso? Enfim, todos os peixes, não importando o tamanho, eram louvados como pedras preciosas.

Quando, ao final da tarde, a pescaria acabou, ele se voltou sorridente e agradecido para o instrutor e confessou:

Quero lhe dizer uma coisa. Este foi um dos melhores dias da minha vida. Não era para eu estar aqui agora. Estive muito doente e os médicos acreditaram que eu não sobreviveria. Mas eu acreditei que sobreviveria. Melhorei muito e minha mulher me deu de presente todo este equipamento porque sempre desejei pescar com isca artificial. Esta viagem é uma espécie de comemoração para nossa família.

O instrutor ficou sem fala. Ele pensara tantas coisas a respeito daquele homem, que parecia quase um tolo, a gritar de alegria por cada peixe retirado da água.
E, contudo, ele estava comemorando a vida. A sua saúde. A possibilidade de ficar com os seus, na Terra, por mais um período.
Quando o instrutor o deixou na cabana, onde a esposa e os filhos o esperavam, pôde perceber que a nuvem escura que pairava sobre eles havia passado. Que eles podiam se divertir com algo tão simples como férias em família.
Enquanto retornava para seu próprio lar, o instrutor pensou que, no dia seguinte, partiria ao encontro de um novo pescador.
Mas, com certeza, nunca mais permitiria que roupas engomadas e caras ou uma carretilha ao contrário o levassem a acreditar que o aprendiz não teria alguma coisa para lhe ensinar.
* * *

A vida é uma escola inesgotável. A natureza é mestra. São mestres todos os seres. Alguns nos ensinam a paciência, outros a gratidão.
Alguns são mestres em renúncia e sabem conjugar o verbo ajudar de uma forma muito especial.
Aqueles que são espontâneos, que sabem sorrir com facilidade, que explodem em adjetivos pelo sol que nasce, a chuva que cai, a grama que cresce nos ensinam que o espetáculo da vida é inigualável.
Que ela é feita de pequenas coisas que são extremamente importantes. Basta que saibamos olhar, descobrir, desfrutar.

Um dia de pescaria, de Seleções Reader´s Digest, de agosto de 2000.
0

Não, não pares.

Não, não pares.
É graça divina começar bem.
É graça maior persistir na caminhada certa,
manter o ritmo...
Mas a graça das graças
é não desistir nunca..."

D. Helder Câmara
0

Sinta que você vem de Deus.

Sinta que você vem de Deus.

Isso é importante.

Quando você afirma vir de Deus, a alma se enche de

satisfação, e corre-lhe pelas veias uma energia

de espiritualidade, de fortaleza, de esperança

grandiosa, de paz incomparável.

Então, diga com confiança que vem

de Deus e que para Ele voltará.

Diga que você é luz, é amor, é

eterno, e que nada lhe faltará.

Faça isso com vontade, para que o conteúdo

dessa afirmação entranhe-se no seu

coração e produza alegrias na vida diária.

Quem sente vir de Deus nenhum mal espera da vida.



Lourival Lopes
0

COMUNIQUE-SE

COMUNIQUE-SE

Assim como o trem de ferro precisa dos trilhos para levar ao destino o que transporta, também nós necessitamos dos trilhos das boas maneiras para fazer chegar aos outros o que queremos.

São boas maneiras as palavras ditas com amor, o olhar repleto de simpatia e o desejo sadio de se fazer entender.

E também a ação firme ou a corrigenda, desde que empregadas sem ferir.

Você se mostra ao se comunicar.

A boa comunicação desliza suavemente quando são bons os trilhos em que se apoia.



Lourival Lopes
0

Como conhecer o seu valor?

Como conhecer o seu valor?

Em tempos de calmaria, o timoneiro tem pouca

dificuldade em conduzir a embarcação.

Só quando sobrevém a tempestade é que

ele põe à prova seus nervos e habilidades.

Isso também acontece com o caminhoneiro e outros profissionais.

Assim como o ipê floresce na seca,

o seu valor se destaca na dificuldade.

É ante os revezes que tem mais relevância o que você

pensa, como reage, como providencia as soluções.

E também que você sabe melhor do que é capaz, até onde pode ir,

qual a inteligência que tem e o amor que carrega.

À medida que você emprega o seu valor, as dificuldades diminuem.


Lourival Lopes
0

RIFA-SE UM CORAÇÃO


RIFA-SE UM CORAÇÃO
Rifa-se um coração quase novo.
Um coração idealista.
Um coração como poucos.
Um coração à moda antiga.
Um coração moleque que insiste em pregar peças no seu usuário.

Rifa-se um coração que na realidade está um pouco usado, meio calejado, muito machucado e que teima em alimentar sonhos e, cultivar ilusões.
Um pouco inconseqüente que nunca desiste de acreditar nas pessoas.
Um leviano e precipitado coração que acha que Tim Maia estava certo quando escreveu...
"...não quero dinheiro, eu quero amor sincero, é isso que eu espero...".
Um idealista...
Um verdadeiro sonhador...

Rifa-se um coração que nunca aprende.
Que não endurece, e mantém sempre viva a esperança de ser feliz, sendo simples e natural.
Um coração insensato que comanda o racional sendo louco o suficiente para se apaixonar.
Um furioso suicida que vive procurando relações e emoções verdadeiras.

Rifa-se um coração que insiste em cometer sempre os mesmos erros.
Esse coração que erra, briga, se expõe.
Perde o juízo por completo em nome de causas e paixões.
Sai do sério e, às vezes revê suas posições arrependido de palavras e gestos.
Este coração tantas vezes incompreendido.
Tantas vezes provocado.
Tantas vezes impulsivo.


Rifa-se este desequilibrado emocional que abre sorrisos tão largos que quase dá pra engolir as orelhas, mas que também arranca lágrimas e faz murchar o rosto.
Um coração para ser alugado, ou mesmo utilizado por quem gosta de emoções fortes.
Um órgão abestado indicado apenas para quem quer viver intensamente contra
indicado para os que apenas pretendem passar pela vida matando o tempo, defendendo-se das emoções.

Rifa-se um coração tão inocente que se mostra sem armaduras e deixa louco o seu usuário.
Um coração que quando parar de bater ouvirá o seu usuário dizer para São Pedro na hora da prestação de contas:
"O Senhor pode conferir. Eu fiz tudo certo, só errei quando coloquei sentimento. Só fiz bobagens e me dei mal quando ouvi este louco coração de criança que insiste em não endurecer e, se recusa a envelhecer"

Rifa-se um coração, ou mesmo troca-se por outro que tenha um pouco mais de juízo.
Um órgão mais fiel ao seu usuário.
Um amigo do peito que não maltrate tanto o ser que o abriga.
Um coração que não seja tão inconseqüente.

Rifa-se um coração cego, surdo e mudo, mas que incomoda um bocado.
Um verdadeiro caçador de aventuras que ainda não foi adotado, provavelmente, por se recusar a cultivar ares selvagens ou racionais, por não querer perder o estilo.
Oferece-se um coração vadio, sem raça, sem pedigree.
Um simples coração humano.
Um impulsivo membro de comportamento até meio ultrapassado.
Um modelo cheio de defeitos que, mesmo estando fora do mercado, faz questão de não se modernizar, mas vez por outra, constrange o corpo que o domina.
Um velho coração que convence seu usuário a publicar seus segredos e a ter a petulância de se aventurar como poeta.

                                  Clarice Lispector

AFINIDADE


 
Não é o mais brilhante, mas é o mais sutil, delicado e penetrante dos sentimentos. Não importa o tempo, a ausência, os adiantamentos, à distância, as impossibilidades.

Quando há AFINIDADE, qualquer reencontro retoma a relação, o diálogo, a conversa, o afeto, no exato ponto de onde foi interrompido.

AFINIDADE é não haver tempo mediante a vida. É a vitória do adivinhado sobre o real, do subjetivo sobre o objetivo, do permanente sobre o passageiro, do básico sobre o superficial.

Ter AFINIDADE é muito raro, mas quando ela existe, não precisa de códigos verbais para se manifestar. Ela existia antes do conhecimento, irradia durante e permanece depois que as pessoas deixam de estar juntas.

AFINIDADE é ficar longe, pensando parecido a respeito dos mesmos fatos que impressionam, comovem, sensibilizam.

AFINIDADE é receber o que vem de dentro com uma aceitação anterior ao entendimento.

AFINIDADE é sentir com. Nem sentir contra, sem sentir para... Sentir com e não ter necessidade de explicação do que está sentindo. É olhar e perceber.

AFINIDADE é um sentimento singular, discreto e independente. Pode existir a quilômetros de distância, mas é adivinhado na maneira de falar, de escrever, de andar, de respirar...

AFINIDADE é retomar a relação no tempo em que parou. Porque ele (tempo) e ela (separação) nunca existiram. Foi apenas a oportunidade dada (tirada) pelo tempo para que a maturação pudesse ocorrer e que cada pessoa pudesse ser cada vez mais.
Artur da Távola

PEREGRINO...


PEREGRINO...

Quando teu navio
ancorado muito tempo no porto,
te deixar a impressão enganosa
de ser uma casa,
quando teu navio
começar a criar raízes
na estagnação do cais,
faze-te ao largo.
É preciso salvar a qualquer preço
a tua alma de peregrino.

Do livro MIL RAZÕES PARA VIVER, de D. Hélder Câmara

Faça por merecer


Faça por merecer
A paz que você pede a Deus já está dentro de você.
Para senti-la, use o seu cabedal de inteligência.
Veja em que erra, o que não realiza direito, qual ordem em
seu proveito não cumpre, onde não emprega o amor,
qual agradecimento não faz, onde não usa a
paciência, as alegrias que esconde –
e olhe para o lado de Deus.
A paz provém do dever cumprido, da esperança, da
obediência a preceitos elevados e das boas experiências internas.
Não se fere quem não emprega a violência contra si mesmo.
Lourival Lopes

Construa uma paz sem limites.


Construa uma paz sem limites.
 
Pôr  limites à  paz  é  dar  brecha
 para a  intranqüilidade entrar no coração.
 
Pense ser a sua paz profunda, inquebrável,
e isso lhe será de grande valia.
 
Não é bom ir só até certo ponto, como quem diz:
"se me tratam bem, tudo bem; mas, se pisam meu pé, viro bicho".
É por um limite à paz considerar que se tem o "pé pisado".
 
Não se sinta ofendido, e a paz será mantida.
Com ela, vem a alegria, a saúde, a esperança, o progresso.
 
A sua paz livra você dos perigos da vida.
 
Lourival Lopes

Você é responsável pela sua paz.


Você é responsável pela sua paz.
Não acuse a ninguém, se está sem ela.
É certo que os outros influem na manutenção da sua paz.
Interferem de maneira agradável ou desagradável.
Mas, é você que administra as circunstâncias.
E escolhe pensamentos, palavras, gestos, ações, providências.
Está em você dar um sentido próprio ao que lhe chega.
Guarde bem o tesouro interior.
Não o deixe ser destruído pelos outros.
Ame a si mesmo.
Você não é um carro enguiçado a ser empurrado pelos outros.

Lourival Lopes

Não olhe os problemas com lente de amento.

Não olhe os problemas com lente de amento. Use para eles uma lente de redução. Quem tem medo facilmente trata os problemas com exagero. Quem procura enfrentá-los sabe que não são o que aparentam e pode vê-los com lentes que lhes diminuam a intensidade. Use a lente de aumento para outro fim, o da sua felicidade. Faça de um pequeno ponto, de uma simples observação um motivo de alegria e de um pequeno favor que recebe um grande contentamento. Quem reduz os problemas aumenta a paz. Lourival Lopes

Queira o bem dos outros.


Queira o bem dos outros.

Dê importante lugar aos outros na sua vida.
Não deseje a eles o que não quer para si, faça como ensinou Jesus.

Os outros são pontos de apoio, observação e trabalho para você progredir e ser feliz.
Quando você lhes deseja um bem, esse bem passa a existir primeiro dentro de você e, depois, neles.
Por isso, os que mais desejam o bem aos outros são os mais felizes.

Não meça esforços para ser útil.
O seu esforço é agradável a Deus, pois estão interligados você, os outros e Deus.

O que você faz aos outros a si mesmo faz.

Lourival Lopes

FELICIDADE EM TUDO QUE SE FAÇA

FELICIDADE EM TUDO QUE SE FAÇA

Em Casa: Transforme a casa onde você mora num lar de convivência agradável. Seja você o elemento que busca a felicidade através da agregação e da harmonia. Transforme sua vida entre quatro paredes num presente e entregue-o àqueles que moram com você...

Com a Família: Faça de sua família o núcleo onde podem ser encontrados seus amigos. A amizade entre os membros de uma família é fundamental para a felicidade do grupo.

Com dinheiro: Considere o dinheiro o instrumento resultante do trabalho digno e com ele você poderá proporcionar a felicidade pessoal e daqueles que convivem com você. Use-o sem se deixar escravizar por ele.

Viajando: Ao viajar transforme seu deslocamento em momentos de alegria pessoal, sua e dos que lhe fazem companhia. Sua felicidade não está em viajar, mas em aprender e crescer enquanto se desloca.

Amando: Seja feliz enquanto está amando alguém. Mostre ao outro que sua felicidade é fruto de seu trabalho interior, o qual recebe a contribuição da pessoa amada. Enquanto ama, ensine aos outros a conquistar o amor em suas vidas para que também eles se sintam felizes.

Na Doença: Busque ser feliz independente de estar doente. A doença é um sinal da necessidade de reflexão e não deve se tornar um empecilho à sua harmonia. Seja feliz com o espírito em paz, mesmo tendo o corpo doente. Corpo e espírito diferem pela essência e aparência.

Sem Culpa: Divida sua culpa comentando-a com alguém para que sua mente se sinta menos pesada. Seja feliz ao saber que a culpa advinda de algo que você fez poderá ser entendida por outra pessoa que também poderia ter feito a mesma coisa que você.

Na Morte: Não chore pela morte nem se entristeça com sua ocorrência. Ela é um convite à sua reflexão sobre a grandeza da Vida e a possibilidade de muito fazer e crescer enquanto você estiver no corpo. Seja feliz, pois, literalmente, a vida continua.

No Sexo: Sua felicidade necessariamente não está relacionada a sua sexualidade, mas é importante que você utilize o sexo com naturalidade e com maturidade. Seja feliz sendo sexualmente maduro.

Desenvolva o hábito de colocar espiritualidade em sua vida. Aprenda a ver o mundo pelo olhar do espírito e seja feliz compreendendo a vida como um dom de Deus. A espiritualidade representa a percepção do espírito sobre o mundo. Veja o mundo com o olhar amoroso do espírito que você é.

Ser feliz em tudo que façamos é meta possível na medida em que estivermos inteiros e conscientes na realização dos próprios atos.



Adenáuer Novaes
0

Recarregue as baterias.

Recarregue as baterias.

Preencha-as com ânimo e fé.

Para tal, olhe para a sua própria existência.

Ela, por si, é um sinal da presença de Deus em você.

Sinta-se com maravilhosa inteligência e em plenas condições

para desenvolver as poderosas energias da mente e do coração.

Você é divindade.

Não deixe para os outros o cuidado de

preencher as baterias que você tem.

Você é quem melhor as recarrega.

Então, ponha-se a trabalhar, com determinação.

É com as baterias carregadas que você melhor

desfruta os verdadeiros prazeres da vida.



Lourival Lopes
0

Tranquilidade, sim, acomodação, não.

Tranquilidade, sim, acomodação, não.

O estado de serenidade é indispensável

a uma existência digna e útil.

A acomodação, porém, é deformação desta.

Como a água que não corre contamina o riacho,

a acomodação corrompe o espírito.

Aproveite cada momento.

Se lhe domina o desejo de só desfrutar dos favores

do corpo, lembre-se das grandezas do espírito e

não deixe a sua vontade à solta, sem domínio.

Vença o comodismo.

Mantenha a mente esclarecida

sobre o instante que passa.

A pessoa acomodada é como uma máquina parada,

que, com o tempo enferruja e emperra.



Lourival Lopes
0

QUANDO OLHARES EM TORNO

QUANDO OLHARES EM TORNO

e tudo te parecer treva
escuridão
fantasma,
antes de clamar
contra a maldade dos tempos
e dos homens,
examina
se estás sendo
a luz que deves ser...

Do livro “MIL RAZÕES PARA VIVER” (Meditações do Padre José), de Dom Hélder Câmara.
0

frases dia do abraço


Dia 22 de junho é dia do abraço, leia lindas frases do dia do abraço.



um abraço para você amigo querido. sinta-se abraçado neste dia.



para você neste dia especial o meu mais fraterno abraço.




neste dia do abraço, queria estar perto para te dar um abraço bem apertado.




neste dia do abraço quero estar juntinho de você.




este é o dia do abraço, sinta-se abraçado.




meu abraço bem apertado, parabéns dia 22 de maio é o dia do abraço




meu amigo virtual, um abraço bem apertado.




um abraço com muito carinho para você neste dia do abraço.




meu abraço neste dia tão especial. feliz dia do abraço




neste dia do abraço, sinta-se abraçado por alguém que te ama muito.



Dia do abraço

Dia do abraço

A MOÇA DO SHOPPING

A MOÇA DO SHOPPING de Dorian Anderson Soutto Às vezes postamos mensagens que nunca esquecemos e que, de tempos em tempos, dá vontade de repassar novamente. A históriaa seguir, de Dorian Anderson Soutto, de uma oportunidade para plantar a semente do Evangelho é uma delas. Esperamos que seja igualmente edificante para novos leitores que, porventura, ainda não a viram no site. Se esta reflexão lhe encorajar a escutar aquela voz de dentro dizendo, "vá", "fale", ou "faça alguma coisa" então, por favor, repasse, a mensagem e o link. E que Deus lhe ajude a agir, falar, e fazer a sua parte, sempre que encontrar alguém precisando de uma palavra do Senhor. Um abraço. Irmão Dennis. Todo ano devido a minha profissão eu visito a Comdex, uma feira internacional de informática que acontece anualmente no Anhembi em São Paulo. No ano de 2003 não foi diferente, parei no Center Norte para almoçar antes de ir para a feira. Um amigo que estava junto resolveu ver um terno para comprar e eu fiquei aguardando do lado de fora da loja observando o movimento. Gosto de observar as pessoas - Algumas andam apressadamente e seus olhares são vazios, elas não enxergam pessoas e sim vultos que atrapalham seu caminho - outras andam como zumbis, devagar olhares vazios como se apenas estivessem cumprindo tabela aqui na terra - Tem também aquelas sorridentes; ainda mais quando de frente com o sonho de consumo. E os reparadores e detalhistas que creio ser o meu tipo. Neste dia no Shoping observei uma moça que havia saído de uma loja, ela aparentava uma tristeza intensa de quase desespero. Aquela imagem me moveu em compaixão e logo pensei: - Misericórdia Pai. Misericórdia com esta alma. Para minha surpresa percebi que ela começou a chorar, andando e chorando, ela não sabia que eu a observava. Logo ela chorava em soluços tentando enxugar os olhos para não tropeçar em alguém ou algo. Tirei os olhos dela para ver o comportamento das pessoas que presenciavam aquilo. Um casal aparentando quarentões endinheirados vinha na mesma direção que ela; quando a senhora viu a cena, deu um toque no marido apontando com os olhos e puxou-o forçando a mudar de direção da mesma forma que fazemos quando vemos fezes de cachorro na calçada. Voltando os olhos para a moça observei que ela resolveu sentar em um pequeno banco de frente a uma loja famosa, quando os funcionários com seus trajes impecáveis viram a cena, entraram mais ao fundo da loja e observaram por um tempo, e logo voltaram a seus afazeres. Estava formado o palco! Uma pessoa sentada em um banco com a cabeça baixa soluçando baixinho e o restante das pessoas com suas vidas atarefadas passavam desapercebidas pela situação. Fiquei ali pensando e tentando lembrar se São Paulo tinha 20 milhões de habitantes ou era menos ou mais. Tanta gente e nenhuma ajuda, nenhuma consolação. A mensagem foi bem clara em meu coração: "Vai!" Eu sabia o que tinha que ser feito, não precisava nem mandar. Fui... - Moça! Tudo bem com você? Ela não levantou a cabeça; sentei ao seu lado no banco e tentei novamente: - Posso te ajudar em algo? Ela apenas chacoalhou a cabeça negativamente. - Vou ficar sentado aqui ao seu lado, se precisar de algo estarei aqui, nem se for apenas um ombro amigo. Ela levantou a cabeça vagarosamente e olhou para mim, olhar assustado, quase me levando a um complexo de feiúra, dei um sorriso e disse: - Estou do seu lado, literalmente do seu lado. Foi o suficiente para um sorriso tímido e a revelação do que tinha ocorrido em sua vida levando-a ao desespero. Abandonada pelo marido vivendo sozinha com uma filha pequena, aluguel vencido e ameaças de despejo, sem recursos para a filha e todo aquele estrago que a falta de dinheiro faz. Mas um emprego no Shoping tinha mudado toda a história, ela estava animada, iria começar naquele dia uma nova vida, e ao chegar no primeiro dia de trabalho recebe a noticia que algo tinha dado errado e ela não poderia trabalhar naquela loja. Adeus emprego... Quando a vi saindo da loja ela tinha acabado de receber a noticia, sentiu o mundo desabar, suas pernas bambearam e ela resolveu então sentar-se e chorar. Aquele "NÃO" representava voltar para casa como um caçador que volta da caça com as mãos vazias e encontra os filhos com fome sem nada para comer. Fiz algum rodeio contando que isto já tinha acontecido comigo e eu também tinha chorado, mas logo adentrei com as únicas palavras que poderia ajudá-la, a saber, DEUS. Falei do amor de Deus e do propósito que Ele tinha para com a sua vida, fazendo eu viajar 500Km para poder mostrar este amor a ela. Percebi um fio de esperança em seu olhar, quando escutei meu amigo me chamar. Eu tinha que partir... Falei que Deus tinha um chamado para ela, era chegado a ela o Reino de Deus, e eu iria orar para que outros filhos a encontrassem e mostrasse o caminho verdadeiro. Ela creu... Pelo menos aparentemente. Não foi feito nenhuma oração, nada de apelos, apenas cri no poder do evangelho. Meu coração queimava quando falava do amor de Jesus, fui embora sem ao menos saber seu nome. Hoje apenas lembro da moça do Shopping, nem sua fisionomia lembro mais. Fiquei pensando se não poderia ter ido mais adiante, dando algum dinheiro ou pegando seu telefone para ajudar. Mas tinha a sensação que eu tinha que fazer somente aquilo, mostrar o caminho. Deus quer nos usar onde nós estamos! Certa vez ouvi um pastor recém formado dizer que orava para saber onde deveria trabalhar. Que tal começar exatamente onde está, pensei comigo. Não consigo entender alguém de posse da água da vida ver pessoas ao seu lado morrendo e ficar a espera do próprio Deus descer dos céus e apontar onde trabalhar. Paulo certa vez teve uma visão onde um homem rogava: - Passa à Macedônia e ajuda-nos.(At 16.9) E quando ele teve esta visão, procurou logo partir para a Macedônia, concluindo que Deus os havia chamado para anunciarem o evangelho. Mas o que percebemos é que no caminho Paulo já estava trabalhando, conhece Lídia, vendedora de púrpura e anuncia as boas novas a ela e também expulsa um demônio de uma adivinhadora. Mas a visão não era de um homem? Duas mulheres passa pela vida de Paulo e ele sabe o que fazer. Assim vejo a nossa vida cristã - Deus nos chama para anunciar o evangelho e nós pensamos que pelo fato do homem ser da Macedônia, só abriremos a nossa boca quando o encontrar. Misericórdia! Como conter isto no coração? Não tem como! Jeremias sabe o que é isto: "Se eu disser: Não farei menção dEle, e não falarei mais no Seu nome, então há no meu coração um como fogo ardente, encerrado nos meus ossos, e estou fatigado de contê-lo, e não posso mais".(Jr 20:9) Temos que abrir a nossa boca! Uma passagem belíssima em Ezequiel 37 demonstra isto: - Filho do homem o que vê? - Ossos Senhor, ossos secos. - Poderão viver estes ossos? - Senhor Deus, tu o sabes... Abra sua boca e profetiza, diga: - Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor! Eis que vou fazer entrar em vós o fôlego da vida, e vivereis. Como se calar enquanto estamos neste vale rodeado de pessoas sem vida? Dizem: Os nossos ossos secaram-se, e pereceu a nossa esperança; Profetiza ao fôlego da vida, profetiza, ó filho do homem, e dize ao fôlego da vida: Assim diz o Senhor Deus: Vem dos quatro ventos, ó fôlego da vida, e assopra sobre estes mortos, para que vivam! Profetizei, pois, como Ele me ordenara; então o fôlego da vida entrou neles e viveram, e se puseram em pé, um exército grande em extremo. Não sei o que aconteceu com a moça do Shoping, mas a minha parte é levar a palavra, o efeito que ela vai causar não é mais problema meu, o milagre está na semente e não no semeador. Outra lição que aprendo é que onde estou é onde Deus quer que eu esteja, meu coração pode até propor um caminho, mas é Ele quem dirige meus passos. Moisés o que está esperando? Diga ao povo que marche! Somente assim abrirei o caminho e verão minhas maravilhas! Não podemos esperar mais... Levemos a palavra a tempo e a fora de tempo.

REAL FELICIDADE

REAL FELICIDADE

Fazer alguém feliz é algo bastante simples, mas o ser humano, como sempre, tem o poder de complicar as coisas.

E se enrola de tal forma que sua maior dificuldade é manifestar sua gratidão.

Quando vai fazê-lo sempre pensa numa recompensa material, um presente ou algo no gênero.

Mas nem sempre é o que a outra pessoa estava precisando ou querendo.

Quantas vezes não andamos quilômetros de vitrines procurando um presente especial para nossa mãe,

sendo que aquilo que ela mais queria era a nossa companhia. Ou um abraço forte passando toda nossa energia.

E assim é com os pais, filhos, amigos, chefes, subalternos...

Como somos materialistas sempre pensamos em manifestar o nosso carinho de maneira palpável.

E como estamos sempre correndo e ocupados, não temos tempo sequer para perceber as necessidades e

desejos das pessoas que estão próximas de nós. Para compensar, compramos alguma coisa.

Afinal é sempre mais barato do que doar-se. É bem mais fácil do que ativar a nossa percepção.

Além de ser bem mais cômodo. O ser humano tem o poder (que ele próprio desconhece)

de se comunicar através do sentimento, do olhar, do pensamento, do tato. Mas insiste em usar apenas o bolso. É a cultura materialista.

Como se pode ver, para fazer alguém feliz basta ter sensibilidade, percepção, sabedoria e amor sincero.

Estas sim, são as maiores riquezas do homem.



Recebi sem indicação da AUTORIA.
0

SÓ TEM BRAÇO FORTE QUEM SUSTENTA A FLOR

SÓ TEM BRAÇO FORTE QUEM SUSTENTA A FLOR

Não creias na força
de quem bajula os fortes,
de quem humilha os fracos,
de quem não sorri
diante de crianças brincando,
de quem não tem olhos
para a beleza
e é incapaz de parar,
mesmo na maior pressa,
p’ra contemplar uma flor...

Do livro MIL RAZÕES PARA VIVER, de D. Hélder Câmara.
0

BONECA DE CROCHÊ

BONECA DE CROCHÊ

Um homem e uma mulher estavam casados por mais de 60 anos.
Eles tinham compartilhado tudo um com o outro e conversado sobre tudo.
Não havia segredos entre eles, com exceção de uma caixa de sapato que a mulher guardava em cima de um armário e tinha avisado ao marido que nunca abrisse aquela caixa e nem perguntasse o que havia nela.
Por todos aqueles anos ele nunca nem pensou sobre o que estaria naquela caixa de sapato.
Um dia a velhinha ficou muito doente e o médico falou que ela não sobreviveria.
Sendo assim, o velhinho tirou a caixa de cima do armário e a levou para perto da cama da mulher.
Ela concordou que era a hora dele saber o que havia naquela caixa.
Quando ele abriu a tal caixa, viu 2 bonecas de croché e um pacote de dinheiro que totalizava 95 mil dólares.
Ele perguntou a ela o que aquilo significava, ela explicou;
- Quando nós nos casamos minha avó me disse que o segredo de um casamento feliz é nunca argumentar/brigar por nada. E se alguma vez eu ficasse com raiva de você que eu ficasse quieta e fizesse uma boneca de croché.
O velhinho ficou tão emocionado que teve que conter as lágrimas enquanto pensava 'Somente 2 bonecas preciosas estavam na caixa. Ela ficou com raiva de mim somente 2 vezes por todos esses anos de vida e amor.'
- Querida!!! - Você me explicou sobre as bonecas, mas e esse dinheiro todo de onde veio?
- Ah!!! - Esse é o dinheiro que eu fiz com a venda das bonecas, só sobraram duas.
0

pedro leonardo acorda do coma

pedro leonardo acorda do coma Boa noticia! De ontem para hoje pedro leonardo acorda do coma, o cantor mexeu o braço e a perna, chamou o nome do leonardo e falou com humor com a mãe dele, a familia de leonardo agradeceu as orações de todo o brasil . demorou um mês e pedro saiu do coma. voltar do coma e falar não é comum, este sinal é muito positivo, segundo entrevista de neurologista no jornal hoje (Globo) pedro leonardo, filho do cantor leonardo sofreu um acidente de carro no dia 20 do mês passado quando voltava de um show. ele passou praticamente 1 mês em coma. e graças a Deus ele acorda do coma. Veja também: http://blogdootimismo.blogspot.com.br/2012/04/oracao-por-pedro-leonardo.html

NÃO ME DIGAS QUE NÃO SABES

NÃO ME DIGAS QUE NÃO SABES

Pescador, afeito às águas
de quantas braças careço
para ver minha linha descer
ao fundo dos corações?
De que depende a fundura
do mar dos peitos humanos?

Do livro MIL RAZÕES PARA VIVER, de D. Hélder Câmara
0

assistir sport x flamento ao vivo online

Sport x Flamengo ao vivo ; Flamengo x Sport ao vivo Jogo Sport x Flamengo ao VIVO O Futebol é uma mania nacional, Aqui você encontrará as informações necessárias para assistir o jogo do Sport x Flamengo na internet. Se preferir, também poderá acompanhar os melhores momentos de Sport x Flamengo ao vivo. cobertura ao vivo em tempo real tempo real sport x flamengo FICHA TÉCNICA SPORT X FLAMENGO Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE) Data: 19 de maio de 2012 (Sábado) Horário: 18h30 (de Brasília) Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP) Assistentes: Marcelo Van Gasse (Fifa-SP) e Vicente Romano Neto (SP) SPORT: Magrão; Tobi, Bruno Aguiar e Edcarlos; Moacir, Ritely, Naldinho, Thiaguinho e Rivaldo; Marquinhos Gabriel e Felipe Azevedo Técnico: Gustavo Bueno FLAMENGO: Paulo Victor; Leonardo Moura, Marcos González, Welinton e Magal; Rômulo, Luiz Antônio, Kléberson e Bottinelli, Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love Técnico: Joel Santana

versiculos de amor

versiculos de amor Porque eu defenderei esta cidade para livrá-la, por amor de mim e por amor do meu servo Davi. 2 Reis 19:34 Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Mateus 22:37-39 O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1 Coríntios 13:4-7 Vós, maridos, amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Efésios 5:25 e uso de misericórdia com milhares dos que me amam e guardam os meus mandamentos. Êxodo 20:6 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre. Salmos 136:1 Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; Mateus 5:44 Nós amamos, porque ele nos amou primeiro. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, não pode amar a Deus, a quem não viu. 1 João 4:19-20 Porque este é o amor de Deus, que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são penosos; 1 João 5:3 Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, donde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; e se não, brevemente virei a ti, e removerei do seu lugar o teu candeeiro, se não te arrependeres. Apocalipse 2:4-5 Outros versículos relacionados E apareceu-lhe o Senhor na mesma noite e disse: Eu sou o Deus de Abraão, teu pai; não temas, porque eu sou contigo, e te abençoarei e multiplicarei a tua descendência por amor do meu servo Abraão. Gênesis 26:24 Labão lhe respondeu: Se tenho achado graça aos teus olhos, fica comigo; pois tenho percebido que o Senhor me abençoou por amor de ti. Gênesis 30:27 Antes por amor deles me lembrarei do pacto com os seus antepassados, que tirei da terra do Egito perante os olhos das nações, para ser o seu Deus. Eu sou o Senhor. Levítico 26:45 Então Jônatas fez Davi jurar de novo, porquanto o amava; porque o amava com todo o amor da sua alma. 1 Samuel 20:17 Ele, porém, terá uma tribo, por amor de Davi, meu servo, e por amor de Jerusalém, a cidade que escolhi dentre todas as tribos de Israel. 1 Reis 11:32 Mas por amor de Davi o Senhor lhe deu uma lâmpada em Jerusalém, levantando a seu filho depois dele, e confirmando a Jerusalem; 1 Reis 15:4

desprezo

A dor do desprezo. Alguma vez, você já ficou sem o chão? Sim, exatamente isso, sem o chão? Você não leu errado. Alguma vez, você ficou assim, meio que parecendo um bobo, perdido como uma barata tonta? Tenho certeza que sim. Às vezes acontecem algumas coisas ruins em nossas vidas, que literalmente nos tiram o chão. O anuncio da demissão, o desencontro, o diz que me disse envolvendo o nosso nome, uma acusação leviana entre muitas outras situações tão corriqueiras nos nossos dias. Nestes momentos, a decepção com os fatos, sempre nos faz morrer um pouco. Esse “de repente”, esse chega pra lá que levamos, que nos pega de calças curtas, é extremamente nocivo a nossa saúde, são momento que podem nos lançar a instantes depressivos ou ainda a uma depressão profunda. Entre muitas situações ruins, encontramos algo simplesmente devastador. O desprezo. Ai! Como dói o desprezo. Ser desprezado é uma das mais terríveis formas de sofrimento. Em qual quer situação vivemos a expectativa de bons resultados e o desprezo frustra esta expectativa. E quando o desprezo parte de alguém que queremos bem, de alguém que amamos é muito pior. Neste caso realmente perdemos o chão. Sentimos apenas o desamor da pessoa amada. O desprezo nunca anda só, ele é constantemente acompanhado da agressão verbal. O poder da palavra desferida é muito mais forte que à bala de um revolver. Seu estrago pode ser avassalador, seus danos podem ser irreparáveis. E algumas coisas não voltam atrás. Na maioria das vezes gostamos de ser as vitimas, queremos ser a pedra e não a vidraça. Nunca nos colocamos no lugar dos outros e atingimos de imediato o que julgamos ser os “defeitos” das pessoas. Agredimos gratuitamente sem pensarmos duas vezes. Nunca, absolutamente nunca comparamos as qualidades com os defeitos. Dizemos coisas que machucam os outros. O que importa é o nosso orgulho que foi ferido e a nossa total intolerância e incompreensão dos fatos. Dentro de um relacionamento, é de fundamental importância que as pessoas usem o bom senso e o bom humor para o equilíbrio da harmonia no lar. Do que vale um casal ser perfeito na rua e ser completamente o inverso dentro de casa? A cumplicidade deve ser o primeiro passo em um relacionamento. Quando surge um problema, é comum sempre haver, ou melhor, sempre eleger um culpado. E isto abre espaço para que outro também possa errar, mesmo que de propósito, achando-se no direito de retribuir com as mesmas moedas. Neste caso fica clara a falta de cumplicidade. Ninguém consegue amar sozinho, ninguém é alto suficiente, ninguém é melhor que ninguém, seja no quesito que for. Ouvir da pessoa que amamos, palavras duras e grosseiras é algo que nos faz pensar sobre o nosso próprio amor. Esta atitude põe em cheque se estamos agindo certo ou não. Devemos analisar os fatos e ponderar as atitudes, devemos definitivamente dizer não a submissão. Tolerância tem limites! Quem ama perdoa! Quem ama não agride! Reginaldo Cordoa www.paralerepensar.com.br

as sete verdades do bambu


as sete verdades do bambu
Depois de uma grande tempestade, o menino que estava passando férias na casa do seu avô, o chamou para a varanda e falou:

Vovô corre aqui! Explica-me como essa figueira, árvore frondosa e imensa, que precisava de quatro homens para balançar seu tronco se quebrou, caiu com o vento e com a chuva… este bambu é tão fraco e continua de pé?

Filho, o bambu permanece em pé porque teve a humildade de se curvar na hora da tempestade. A figueira quis enfrentar o vento. O bambu nos ensina sete coisas. Se você tiver a grandeza e a humildade dele, vai experimentar o triunfo da paz em seu coração.

A primeira verdade que o bambu nos ensina, e a mais importante, é a humildade diante dos problemas, das dificuldades. Eu não me curvo diante do problema e da dificuldade, mas diante daquele, o único, o princípio da paz, aquele que me chama, que é o Senhor.

Segunda verdade: o bambu cria raízes profundas. É muito difícil arrancar um bambu, pois o que ele tem para cima ele tem para baixo também. Você precisa aprofundar a cada dia suas raízes em Deus na oração.

Terceira verdade: Você já viu um pé de bambu sozinho? Apenas quando é novo, mas antes de crescer ele permite que nasça outros a seu lado (como no cooperativismo). Sabe que vai precisar deles. Eles estão sempre grudados uns nos outros, tanto que de longe parecem com uma árvore. Às vezes tentamos arrancar um bambu lá de dentro, cortamos e não conseguimos. Os animais mais frágeis vivem em bandos, para que desse modo se livrem dos predadores.

A quarta verdade que o bambu nos ensina é não criar galhos. Como tem a meta no alto e vive em moita, comunidade, o bambu não se permite criar galhos. Nós perdemos muito tempo na vida tentando proteger nossos galhos, coisas insignificantes que damos um valor inestimável. Para ganhar, é preciso perder tudo aquilo que nos impede de subirmos suavemente.

A quinta verdade é que o bambu é cheio de “nós” (e não de eu’s). Como ele é oco, sabe que se crescesse sem nós seria muito fraco. Os nós são os problemas e as dificuldades que superamos. Os nós são as pessoas que nos ajudam, aqueles que estão próximos e acabam sendo força nos momentos difíceis. Não devemos pedir a Deus que nos afaste dos problemas e dos sofrimentos. Eles são nossos melhores professores, se soubermos aprender com eles.

A sexta verdade é que o bambu é oco, vazio de si mesmo. Enquanto não nos esvaziarmos de tudo aquilo que nos preenche, que rouba nosso tempo, que tira nossa paz, não seremos felizes. Ser oco significa estar pronto para ser cheio do Espírito Santo.
Por fim, a sétima lição que o bambu nos dá é exatamente o título do livro: ele só cresce para o alto. Ele busca as coisas do Alto. Essa é a sua meta.

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com