MENU

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Como vencer o desânimo

with 4 comentários
Que tal viver em um lugar onde não se ouçam palavras de desânimo?

Digamos que este é um desejo que tenho na vida. Eu gostaria de viver
em um lugar onde não se ouvissem palavras de desânimo; onde as
palavras de desânimo tivessem sido eliminadas.

Será que você pode me ajudar a encontrar esse lugar? Note bem: um
lugar onde palavras de desânimo tenham sido eliminadas.

Nasci e vivi minha infância no campo em uma fazenda distante da
cidade. Morávamos em uma casa isolada, vizinhança distante. Nós não
tinhámos rádio, não tínhamos televisão, nem tampouco líamos jornais ou
revistas, nem tínhamos acesso a Internet (e nem poderia: estamos
falando dos anos 50 e 60).

Já viajei pela Amazônia e pelo Pantanal Matrogrossense onde podia
ficar horas e horas a fio respirando ar puro e deslizando sobre águas
num barco ou apreciando o espetáculo de jacarés ao sol, de lontras
brincando, de cardumes de peixes, da sinfonia produzida por passáros
multicoloridos e tantos outros lindos espetáculos da natureza.

É lamentável, mas posso lhe assegurar que nesses lugares tão
distantes, na solidão do campo, da floresta e das águas,  já escutei
um montão de palavras de desânimo.

Permita-me dizer-lhe que o desânimo: Nos impede de ser o que Deus tem
intenção de que sejamos;  esconde as belezas da vida  para nossas
vidas;  asfixia nossas ambições e nossos projetos de vida;  nos
amontoa com a multidão de pessoas perdedoras;  apaga nossa luz que
deve brilhar claramente com Jesus, porque Ele disse: vós sois a luz do
mundo (Mateus 5:14)..

O desânimo, ainda: Nos identifica com o fracasso; faz com que as
dúvidas controle nossas ações; atrofia nossas mentes para que não
sejam criativas; paraliza nossa fé; magnifica nossos problemas;
obstrui nossa influência positiva sobre outras pessoas;  nos força a
sermos pessoas introvertidas; torna nublada ou sombria nossa visão. O
desânimo destrói nossos sonhos; destrói nossos projetos de vida.

É o desânimo a ferramenta utilizada pelas forças espirituais do mal
para que muitas pessoas peguem a toalha e abandonem a luta por uma
melhor qualidade de vida. O desânimo torna a pessoa apática,
conformada. E a maioria faz côro e diz: – É assim mesmo! – Ce la vie!
- Assim é a vida! – Não a pena lutar! – A vida é assim mesmo!

Caríssimo amigo: O propósito desta mensagem é poder dizer hoje a você
que Deus quer você lute, porque Ele mesmo – Deus – o próprio Deus –
vai estar com você para que aconteça um novo tempo em sua vida: um
tempo de êxito, um tempo de paz de espírito, um tempo de saúde, um
tempo de amor, um tempo de felicidade.

Deus não quer que você desista e Ele diz hoje a você: "- Meu filho:
Não tenhas medo, porque eu te ajudo… Eu te resgatei, chamei-te pelo
teu nome; tu és meu. Quando passares pelas águas estarei contigo, e
quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo,
não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque eu sou o Senhor teu
Deus, o teu Salvador. Visto que foste precioso aos meus olhos… também
foste honrado, e eu te amei. Não tenhas medo, pois, porque estou
contigo. Eu te ajudo (cf. Isaías 43:1-5)."

Assim, ainda que seja impossível viver em uma atmosfera totalmente
separada do desânimo, além da ajuda de Deus o nosso Pai que estende
para nós a Sua potente mão, existem alguns passos que podemos dar e
que são passos de nossa inteira responsabilidade a fim de que sejamos
vitoriosos, enquanto o desânimo tão de perto nos rodeia.

Primeiro passo: Pensar nas vitórias do passado.

Normalmente quando estamos desanimados nós nos esquecemos das vitórias
passadas. O desânimo produz um sentimento negativo a respeito de nós
mesmos e nós começamos a nos sentir como um fracasso e dizemos a nós
mesmos: "eu não sou bom" ou "sempre estou cometendo os mesmos erros"
ou "porque não posso fazer nada bem" ou ainda "tudo que eu faço dá
errado".

Por favor, meu amigo: pare de viver na noite obscura do negativismo.
Pense em alguma coisa do passado em que você foi vitorioso. Eu garanto
que esse exercício mental vai lançar uma luz no calabouço de seu
desânimo.

Segundo passo: Elimine todas as influências negativas de sua vida.

Talvez você tenha amigos como os amigos de um personagem da Bíblia
chamado Jó. Amigos que aos invés de ajudá-lo só vêem obstáculos e o
lado escuro da vida.

Existem pessoas que estão sempre de óculos escuros cujas lentes não
captam os ângulos luminosos da vida. Espalhafatosas, agressivas, estão
sempre se recusando a dar um sorriso, um aperto de mão, um abraço;
sentem-se injustiçados e sem oportunidades na vida. Essas pessoas
trazem agressões ao nosso espírito.

Por favor: Após ler (ou ouvir) esta mensagem, pegue uma folha de papel
e uma caneta,  escreva os nomes de seus amigos e na frente de seus
nomes escreva suas características. Algumas perguntas podem ajudá-lo
nesse processo: Seus amigos são pessoas positivas ou negativas? Eles
levantam você ou puxam você para baixo? Possuem atitudes de inveja,
ciúmes, amargura e ódio? Sobre o que eles gostam de falar quando vocês
estão juntos?

Se seus amigos estão puxando você para baixo é melhor encontrar novos
amigos ou caminhar sozinho com Deus. Comece ler bons livros que
construam sua fé. Elimine qualquer coisa de sua vida que tenha a
tendência de manter você para baixo, como esses programas
jornalísticos do rádio e da televisão que só falam de tragédias, de
crimes e de mentiras.

Não comece o seu dia com um programa jornalístico, a não ser que,
profissionalmente, isso seja necessário.

Faça uma limpeza em sua casa de tudo quanto lembra situações tristes
do passado (p.e. roupas, jóias, cartas, cópias de processos judiciais,
fotografias, objetos, E-mails etc). Digamos que seja uma espécie de
"queima de arquivo" que eu prefiro chamar de "purificação do seu
meio-ambiente".

Eu garanto que  você vai poder dizer como um outro personagem da
Bíblia chamado Jeremias. Ele disse: "Eu somente vou trazer a minha
mente o que me pode dar esperança" (Lamentações 3:21). Em outras
palavras, estava dizendo: "Eu me recuso a deixar que a minha mente
seja um baú de recordações tristes do passado".

Terceiro passo: Multiplique o seu conhecimento sobre as promessas de
Deus para a sua vida.

Você conhecerá e viverá essas promessas lendo a Bíblia Sagrada, que é
a Palavra de Deus escrita e inspirada pelo Espírito Santo, e
participando de um grupo de pessoas comprometidas com a prática da
adoração e do estudo da Palavra de Deus que poderá, inclusive, ser em
uma Igreja, para compartilhamento mútuo.

Deus projetou você para dar certo. Ele não erra.  E para cada ser
humano na face da terra o Criador planejou um existir, e nós tomamos
conhecimento desse projeto e das ferramentas disponíveis para
desenvolvê-lo em grau de excelência, precisamente, por meio da Sua
Palavra.

Quarto passo: Compartilhe com outras pessoas das bênçãos que Deus tem
para você e para outros.

Há uma orientação na Bíblia que diz: "… de graça recebestes; de graça
daí" (Mateus 10:8).

É chegado o tempo de você dar daquilo que tem recebido. Com essa
atitude, estará motivando outras pessoas a sairem do lugar comum onde
as coisas não acontecem e, pela fé, emigrarem para o lugar onde existe
criatividade, produtividade, abundância, multiplicação e restituição.

Posso garantir a você que não há nenhuma forma de melhor vencer o
desânimo do que compartilhar algo bom com outra pessoa. É uma espécie
de aquecimento, de troca, de bate-bola.

Com efeito, quando nós começamos a ajudar outras pessoas, um
sentimento de utilidade, de felicidade e de ânimo invade nossas vidas.

Quero conclamar você a fazer agora mesmo uma decisão para ser, desde
já, um animador, um ajudador, uma voz positiva em meio a tanta
confusão e pessimismo. E assim, é você quem vai "puxar o cordão" dos
animados.

Por favor, ao terminar de ler (ou ouvir) esta mensagem pegue o seu
telefone e ligue para alguém, que pode ser um amigo, um parente, um
colega de trabalho, enfim, alguém que você conheça, ou mesmo não
conheça, e diga-lhe: Oi fulano … Estou ligando só para dar um alô … só
para saber como você está… e para lhe dizer o quanto Deus ama você … e
que eu também tenho uma grande consideração… uma grande estima… uma
grande afeição por você. Talvez você possa até dizer: Amo você! Fale
ainda outras palavras positivas para essa pessoa para a qual você vai
ligar.

Pronto: Em primeiro, você vai se sentir uma pessoa positiva. Em
segundo, as pessoas vão querer estar ao seu lado porque, efetivamente,
você estará sendo um fator positivo para suas vidas. Suas palavras
serão como as de Jesus: espírito e vida (cf. João 6:63).

Que bom! Já não vamos precisar mais vender nossas casas e ir para um
campo ou para uma ilha deserta onde não se fale de desânimo. Porque é
aqui; é aqui mesmo onde nós estamos que boas coisas estarão
acontecendo; que coisas positivas e construtivas estarão acontecendo
em nossas vidas.

É na plenitude desse conhecimento que vamos concluir esta reflexão com
uma oração de louvor e gratidão a esse Deus que tudo preparou para que
tenhamos vida abundante.

Oração: "Oh Pai! Pai nosso que estás nos céus. Obrigado por Tua mão
estendida. Obrigado, Senhor, por Teu amparo. Nós nos sentimos
confortáveis e seguros. Agora, Oh Senhor nosso, ajuda-nos também a
estender nossas mãos para o próximo. Dá-nos palavras construtivas;
palavras de ânimo, palavras de saúde, de vida e de ressureição, a fim
de que possamos transmití-las com o amor, o poder e a autoridade do
Espírito Santo. Queremos ser um fator positivo onde quer que
estejamos. Assim, oramos agradecidos em o nome do Senhor Jesus Cristo.
Amém. Amém."

Por Flauzilino Araújo dos Santos

4 comentários:

  1. Anônimo disse...

    Belo texto. Infelizmente eu já não tenho mais a mente aberta para receber as palavras da Bíblia. Ainda sim vou seguir alguns dos conselhos, obrigado.

  2. Anônimo disse...

    Muito obrigada pelas palavras,serão de grande influência neste dia para mim. Que Deus continue sempre te abençoando.

  3. Anônimo disse...

    Este texto me fez refletir sobre o que estava me desanimando, e conseguir encontrar a fonte desse desanimo.
    Gostei.
    Obrigada.

  4. Anônimo disse...

    Muito bom, são palavras sábias e de uso com resultados para a necessidade de vencer o desanimo que tenta nos travar e olhar ao passado.

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!