MENU

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Os outros

with 0 comentários
 

Os outros

Autor: Antonio Pereira (Apon)

 

Os outros erram. Nós, cometemos pequeninos equívocos.

Os outros são orgulhosos, vaidosos, se acham! Nós, apenas temos consciência do nosso valor.

Os filhos dos outros, são delinqüentes, mal educados e sem limites. Os nossos, são jovens impulsivos.

Os outros são maledicentes e sediciosos. Nós, fazemos críticas construtivas.

Os outros são ditadores e intransigentes. Nós, somos veementes na defesa de nossos pontos de vista.

Os outros são falsos, mentirosos e enganadores. Nós, omitimos alguns detalhes.

Os outros são dissimulados. Nós, políticos.

Os outros são avarentos e egoístas. Nós, econômicos.

Os outros são irônicos e sarcásticos. Nós, bem-humorados.

Os outros são grosseiros e ofensivos. Nós, dizemos a verdade, custe o que custar.

Os outros são preguiçosos, ineficientes e lerdos. Nós, respeitamos nossos limites.

A fé dos outros, é fanatismo. A nossa, convicção.

Os outros são teimosos. Nós, persistentes.

Os outros são o problema. Nós, a solução.

Os outros são acomodados e indolentes. Nós, resignados.

Os outros são desrespeitosos. Nós, irreverentes.

Os outros são a dúvida. Nós, a resposta.

... ...

Enfim, todas as mazelas estão nos outros, enquanto virtudes abundam em nós. Essa tola e cômoda "terceirização", nos dá também a ilusão, de que as desgraças e desventuras só visitam a existência alheia. Assim nos tornamos individualistas, indiferentes, descuidados, omissos e negligentes. Esquecemos de uma coisa. Para todo o resto da humanidade, "outros", somos nós.

 



--
Postado por aponarte no Para pensar e sentir

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!