MENU

sexta-feira, 11 de março de 2011

Peixes raros anunciaram terremoto no japão

with 2 comentários
Peixes raros anunciaram terremoto no japão - Houve Presságio de um terremoto no Japão

Dezenas de peixes gigantes raros - tradicionalmente o prenúncio de um terremoto - foram apanhados nas redes dos pescadores ou aparecerem junto à costa
na semana passada.

Os últimos movimentos tectônicos em torno da "Pacific Rim of Fire" (anel de vulcões que circunda o Oceano Pacífico) aumentaram a preocupação de que o Japão - o país mais propenso a terremotos no mundo - seria o próximo da fila para um grande terremoto.

Houve o aparecimento inexplicável de um peixe que é conhecido tradicionalmente como o "Mensageiro de Deus - Palácio do mar".

O peixe gigante pode crescer até 5 metros de comprimento e é encontrado normalmente em profundidades de 1.000 metros e, muito raramente, a 200 metros da superfície. Longo e fino com uma barbatana dorsal o comprimento do seu corpo se assemelha a uma serpente.

Nas últimas semanas, 10 espécimes foram encontrados junto à costa ou em redes de pesca ao largo da província de Ishikawa. Outros têm sido relatados em Kyoto, Shimane e Nagasaki, todos no norte da costa.

Segundo a sabedoria tradicional japonesa, a subida dos peixes para a superfície e praia são para avisar de um terremoto iminente - e há teorias científicas que peixes do fundo do mar podem muito bem ser suscetíveis a movimentos de falhas sísmicas e agir de forma incaracterística antes de um terremoto - mas os especialistas aqui estão colocando mais fé em sua alta tecnologia de monitoramento constante das placas tectônicas sob a superfície.

"Nos tempos antigos, os japoneses acreditavam que peixes alertavam sobre terremotos, principalmente o "oarfish" (o peixe que se vê na foto), disse Hiroshi Tajihi, vice-diretor do Centro de terremotos Kobe Centre, ao Daily Telegraph.

"Mas são apenas velhas superstições e não existe nenhuma relação científica entre estes avistamentos e um terremoto", disse o especialista...
extraido adaptado de http://ciclofinal.blogspot.com

2 comentários:

  1. NAIRTON DE CASTRO disse...

    Como estes peixem vivem póximos as placas tectonicas é lógico que eles incomodados com o seu movimento anormal fujam em direção ás praiss e se tornam presas fáceis e de alguma forma passam a anunciar o terremoto á vista.

  2. Anônimo disse...

    Na realidade a pressao no fundo do mar faz com que os peixes sitam com maior intensidade qualquer movimento terrestre, movimentos que para nos são imperseptiveis para eles são como "chaqualhões". Sem nenhum fundamento eu apostaria que sentem mesmo movimentos que não são apontados por Sismografos.

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!