MENU

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Esse é Jesus!

with 0 comentários
Esse é Jesus! 
 
Um menininho de três anos chegou da escolinha e foi conversar com sua mãe. Mostrando um desenho em quadrinhos que recebera na escolinha, disse:
- Mamãe, esse é Jesus! Jesus me ama!
A mãe concordou balançando a cabeça, surpresa e emocionada com a declaração do filho, e lhe deu um beijo carinhoso no rosto.
É verdade. Jesus ama o menininho, e ama você, e me ama, e ama todas as pessoas. A sensação de ser amado pelo Senhor Jesus, alcançado por esse amor tão imenso, tão incomparável, anula completamente o peso da vergonha pelos erros que cometemos. Jesus nos ama! Há jeito para nós! Há um recomeço! A oportunidade de fazer da forma certa é garantida, porque Jesus nos ama!
Um ano depois, estando o menininho com quatro anos agora, percebendo que havia dormido sozinho no quarto da avó a tarde toda, disse ao se levantar: - Eu dormi sozinho, mas Deus ficou do meu lado.
A vergonha que sentimos por conta dos nossos erros nos faz acreditar que seremos deixados. Mas Deus não nos deixa jamais. E nos mostra que a forma como olhamos pra nós, nos sentindo tão diminuídos, falhos, não é a forma como Ele olha pra nós.
Deus é aquele que diz que nos ama quando nós achamos que não há jeito pra nós. Quando apenas conseguimos apontar os nossos erros, perdendo-nos em nossas próprias angústias, Ele é a luz que brilha diante de nós, querendo nos pegar pela mão e dizer: - Calma. Tranqüilize-se. Eu amo você! Vai dar certo! Eu estou aqui!
Ele não nos deixou quando Jesus estava na cruz. Tampouco o próprio Jesus, pois ficou naquela cruz até o fim. Estava estampando o Seu amor por nós, o quanto acreditava que pudéssemos vencer, crescer, termos um futuro produtivo. E mesmo assim, algumas vezes sentimos essa mensagem passar longe dos nossos corações. Mas Ele volta, insiste, e pela boca dos pequeninos vem falar conosco, lembrar-nos de Seu amor tão simples, tão puro, tão verdadeiro, e tão presente! Amor que não se altera mesmo quando não acreditamos ou não entendemos como Ele pode nos amar assim.
Esse é Jesus! E isso é o quanto importarmos para Ele!
 
Jacqueline Collodo Gomes
 
Mensagem original da coluna "Em Poucas Palavras" do site SouDeGlória.com

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!