O tempo

O tempo

O tempo é um argucioso jogador. Aposta sempre nele mesmo. Infindo egocentrismo. E, enquanto ele colhe os frutos de suas próprias vitórias, a vida, ainda que gloriosa, excêntrica e venerável, vai perdendo suas vitalidades, emagrecendo seus recursos e minguando suas energias até o dia em que, totalmente incapaz frente à tão ávido e sortudo jogador, ela entrega todas as suas fichas, despede-se do tempo e resigna-se à sua imutável capacidade de não mais existir. Mas, antes do desaparecer, meio graciosa e muito agradecida, ela olha para o seu adversário, resgata a memória de toda a sua caminhada, abre um contagiante sorriso e, com o último suspiro de sua essência sussura no coração do tempo um enfático “Obrigado”. (Tadany – 27 03 11)

Tadany. Pensamento 785.
www.tadany.org ®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com