MENU

quarta-feira, 29 de maio de 2013

A Glória de Deus

with 0 comentários
A Glória de Deus

Amo beisebol e sou fã desse esporte desde que era garotinho. Gosto, especialmente, de acompanhar o meu time. Mas, recentemente, o jogo fraco e as várias derrotas logo no início da temporada me frustraram tremendamente. Então, para meu próprio bem-estar, dei um tempo. Passei quatro dias evitando tudo que se relacionasse ao meu time favorito.
Durante esses quatro dias sem envolver-me com meu time, comecei a perceber como é difícil abrir mão das coisas às quais nos acostumamos. No entanto, há momentos em que Deus quer que façamos isso.
Por exemplo, podemos estar envolvidos numa atividade que se tornou absolutamente envolvente – e sabemos que seria melhor limitá-la (1 Coríntios 6:12). Ou podemos ter um hábito ou uma prática que sabemos que não agrada a Deus e percebemos que precisa ser abandonado porque o amamos e queremos que Ele seja glorificado por nosso intermédio (Romanos 15:34).
Com a ajuda do Senhor, conseguimos parar o que interfere em nosso relacionamento com Ele. Deus nos deu a provisão do livramento (1 Coríntios 10:13) e o Espírito fornece o poder (Romanos 8:5).
Peçamos a Ele para nos ajudar a não permitir que algo impeça Sua glória de brilhar por nosso intermédio.

FONTE:
J. David Branon

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!