Acertar é humano

Acertar é humano
 
Errei mais de 9.000 cestas e perdi quase 300 jogos. Em 26 diferentes finais de partidas fui encarregado de jogar a "bola do jogo", e falhei. Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que sou um SUCESSO". (Michael Jordan)
 
Michael Jordan, o maior jogador de basquete da história, responsável pela quebra de praticamente todos os recordes mundiais desse esporte, não apenas aceita e supera cada falha e fracasso, como reconhece quanto eles o ajudaram em sua trajetória vitoriosa.
 
Acertar é humano, mas os errar faz parte da jornada. Quando erramos, temos a oportunidade de aprender como não devemos fazer algo, e com isso ficamos mais perto de conhecer a maneira certa de fazer alguma coisa. Melhor ainda, é quando percebemos que podemos também aprender os erros dos outros.
 
É importante lembrar que tanto erros como acertos ficaram no passado, e que é tolo viver em um mundo que já passou, quando temos a benção de contar com um presente tão fascinante que nos é dado todos os dias, por isso, não se prenda às experiências do passado, porque elas podem comprometer o seu futuro. A única decisão que merece a sua atenção é aquela que você ainda tem condições de tomar, e esta decisão está no seu presente.
 
Falando nisso, o que você diria do seu presente? O que você fez hoje que torna este "presente" especial? Trabalhou? Pagou contas? Navegou na internet? Que mais? Por acaso você lembrou-se dizer "eu te amo", "você é muito importante pra mim", "eu tenho sorte de tê-lo(a) conhecido". Você marcou a vida de alguém hoje? Você vez diferença na vida de alguém hoje? O que você fez hoje que o ajudará a ter um futuro melhor?
 
Não se esqueça que futuro não é apenas um lugar para onde estamos indo, mas o lugar que estamos construindo. O que você vive hoje, seja bom ou ruim, em grande parte é conseqüência daquilo que você fez ou não fez quando o seu passado era presente. Por isso, se queremos um futuro melhor, precisamos construí-lo com as ações do presente. "Poxa, mas falar inglês fluente leva tempo". "A faculdade leva pelo menos 4 anos". "Juntar todo este dinheiro demora". "Ter a saúde e o corpo que eu tanto desejo exige muito tempo, dedicação e esforço". Até quando vamos continuar arrumando desculpas no passado para justificar o que deixamos de fazer no presente? Se realmente queremos resultados melhores no futuro, é preciso fazer algo diferente hoje, no presente.
 
Se não podemos voltar no tempo para mudar o que aconteceu, podemos mudar nossas atitudes no presente para construir um futuro diferente.
 
Acertar é humano, contribuição: Dorita de Macedo Cancian
Publicado no Blog de Marco Fabossi
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com