Fora de Órbita

Fora de Órbita

Ainda acho incrível que possamos enviar sondas ao espaço profundo. Pense, porém, que desperdício seria se a caminho de Marte nossa sonda fosse atraída pela força gravitacional de um objeto inferior, insignificante. Tome cuidado! Isso pode estar acontecendo em nossas vidas.
Quando Jesus chamou Seus discípulos para segui-lo, Ele tencionava que eles começassem uma jornada de apaixonada busca por Ele. Seguidores de Cristo são lançados a uma trajetória que é definida por chegarem mais e mais perto dele. No processo, porém, frequentemente nos distraímos e sucumbimos à atração gravitacional de coisas inferiores e tentadoras. Quando isso acontece, largamos nossa busca por Ele e começamos a gravitar ao redor de coisas que no final são vazias e não satisfazem.
O Salmo 63 é a cura para vidas aprisionadas em órbita. Davi buscou a Deus, sabendo que somente Ele podia satisfazer seus anseios íntimos, porque a Sua “graça é melhor do que a vida” (Salmo 63:3). O gozo da presença de Deus consumia todos os momentos: “no meu leito, quando de ti me recordo, e em ti medito, durante a vigília da noite” (Salmo 63:6). Davi compreendia que a verdadeira alegria e propósito não vêm ao admirarmos Deus de distância segura, mas de seguirmos insistentemente atrás dele.
Retornemos ao caminho e busquemos um andar cada vez mais íntimo com Deus!

FONTE: Joseph M. Stowell
Nosso Andar Diário http://www.orkut.com/Main#Community.aspx?cmm=16744413

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com