quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Deus seja louvado será mantida nas Cédulas do real


Expressão Deus seja louvado será mantida nas Cédulas do real

Justiça nega pedido para retirar "Deus seja louvado" das cédulas.

A Justiça Federal negou o pedido do Ministério Público de São Paulo para retirar a expressão "Deus seja louvado" das cédulas de Real.

Na decisão, a juíza Diana Brunstein, da 7ª vara, diz que: "A menção de Deus nas notas, não parece ser um direcionamento do estado na vida do indivíduo que o obrigue a adotar ou não determinada crença". A decisão é provisória.

Liberdade, honestidade, respeito e justiça são todos princípios do cristianismo. O mesmo cristianismo que vem sendo perseguido pelos defensores do estado laico. Intolerantes, eles são contra o ensino religioso, são contra as cruzes em repartições públicas e agora voltaram a sua ira contra a minúscula citação nas notas de Real. É, no mínimo, uma ingratidão à doutrina que inspirou nossa cultura, nossos valores e até mesmo a nossa própria constituição promulgada sob a proteção de Deus.

A Carta Magna, será, certamente, o próximo alvo dos laicistas. Mas aí, não bastará uma simples ação cível, eles terão que emendar a constituição. Neste caso, sou obrigada a concordar com o presidente do senado, o Sr. José Sarney, para quem a ação do Ministério Público, foi pura falta do que fazer.
Veja o video: http://www.youtube.com/watch?v=UElcG_eYfWM&feature=g-logo

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!