MENU

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Peter Pan Jackson

with 2 comentários


Peter Pan Jackson
Por: Antonio Pereira (Apon)

Ele viveu no limiar entre a fantasia e a realidade. Fugitivo de si mesmo, materializou no corpo, os fantasmas que assombravam sua alma torturada. O ser humano sucumbiu à força do mito.
Um artista genial, mas um homem desencontrado num querer ser “Peter Pan”, enquanto a vida lhe trazia uma “overdose” de realidade: a infância violentada, o colecionar escândalos, o ataque dos exploradores, a embriaguês dos artifícios, o destruir a saúde, o não aceitar-se...
Morreu Michael Jackson, calou-se a voz que embalou gerações. Calaram as baladas românticas, a “black music”, o “pop rock”. Voou para a “Terra do Nunca”, para nunca mais voltar.
Sua arte é seu grande legado. O resto, será devorado pelos abutres da ganância, os parasitas da maledicência, os mercadores da mediocridade, os vermes do oportunismo...
Segue em paz Michael. Que finalmente você se encontre, encontre a luz e nela se ilumine. Que uma real alegria lhe renove o espírito e, no infinito, possas dançar como nunca e como nunca cantar, ser capaz de inspirar os artistas daqui. Boa viagem!!!

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original: Antonio Pereira (Apon) (Além do nome do autor, cite o link para o site http://aponarte.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

2 comentários:

  1. Anônimo disse...

    k sua alma descanse em paz...e p aquelea k so sabem inventar calunias acerca da vida dele ja esta na hora de parar prk el ja n esta aqui para se defender.

  2. Anônimo disse...

    Inclusive querendo usar palavras e historias interessantes e comparativas para diminui-lo. Incrível como o ser humano tem uma maldade invejável.
    O MJ foi um gênio, um gênio da dança, da musica..Sua voz é uma das mais belas e perfeitas do mundo e foi um dançarino perfeito no limite que um ser humano poderia ser. Veio ao mundo e mostrou a que veio. Eu sou uma das pessoas gratas por ter o prazer de ter escutado suas músicas e visto seus passos mágicos. E quem pode atirar pedras???
    Quem pode condena-lo?
    Quem disse que ele não foi feliz???????????

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!