MENU

quarta-feira, 6 de março de 2013

EQUÍVOCOS HISTÓRICOS

"No ano 2000 não existirá mais C, X ou Q no alfabeto usado no cotidiano."

(Ladies Home Journal, 1890)

"Todos os casais serão felizes em 1990."

(John Haberton, 1893)

"Por volta de 1960 o trabalho será limitado a três horas por dia."

(John Langdon-Davies, A Short History of the Future, 1936)

"Os raios-X são uma fraude"

(Lord Kelvin, físico inglês, 1900)


"A Bomba nunca vai funcionar, e falo como um especialista em explosivos" 

(Almirante William Daniel Leahy, conselheiro do Presidente Trumam em assuntos nucleares, 1945).

"A clonagem de mamíferos é biologicamente impossível" 

(James McGrath e Davor Solter, biólogos, em artigo na Science, 1984)

"Em 2000, políticos simplesmente desaparecerão. Não veremos mais nenhum partido político." 

(R. Buckminster Fuller, 1966)

"A teoria dos genes de Louis Pasteur é uma ficção ridícula"

(Pierre Pachet, Professor de Fisiologia em Toulouse, 1872)


"No futuro, os computadores não pesarão mais do que 1,5 toneladas"

(Popular Mechanics, prevendo a evolução da ciência, 1949)

"Penso que há talvez no mundo um mercado para 5 computadores"

(Thomas Watson, presidente da IBM, 1943)


"Viajei por todos os lados neste país, e posso assegurar-lhes que processamento de dados é uma ilusão que não perdura até o fim do ano" 

(O editor encarregado de livros técnicos da Prentice Hall, 1957)


"Não há nenhuma razão para que alguém queira ter um computador em casa" 

(Ken Olson, presidente e fundador da Digital Equipment Corp.,1977)

"Este 'telefone' tem inconvenientes demais para ser seriamente considerado um meio de comunicação. 
Esta geringonça não tem nenhum valor para nós"

(memorando interno da Western Union, 1876).

"Quem se interessaria em ouvir os atores falar?" 

(H.M. Warner, Warner Brothers, no auge do cinema mudo, 1927).


"Broca para petróleo? Você quer dizer furar o chão para encontrar petróleo? Você está louco!" 

(Operários que Edwin L. Drake tentou contratar para seu projeto de prospecção de petróleo em 1859).

"Aviões são brinquedos interessantes mas sem nenhum valor militar" 

(Marechal Ferdinand Foch, Ecole Supérieure de Guerre, Paris).

"Tudo que podia ser inventado já o foi" 
(Charles H. Duell, Diretor, Departamento de Patentes dos Estados Unidos, 1899, 
ao propor o fecho da sessão de registro de novas patentes).
                                                                  

EQUÍVOCOS HISTÓRICOS

 o pequeno principe 

"Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos."


"Será como a flor. Se tu amas uma flor que se acha numa estrela, é doce, de noite, olhar o céu. Todas as estrelas estão floridas."



"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós."



"Se tu choras por ter perdido o sol, as lágrimas te impedirão de ver as estrelas."



"O amor verdadeiro não se consome, quanto mais dás, mais te ficas."



"Disse a flor para o pequeno príncipe: é preciso que eu suporte duas ou três lagartas se quiser conhecer as borboletas."



"Só os caminhos invisíveis do amor libertam os homens."



"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar…"



"Se tu vens às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz. "



"O Amor é a única coisa que cresce à medida que se reparte".



"O amor não consiste em olhar um para o outro, mas sim em olhar juntos para a mesma direção."



"Se alguém ama uma flor da qual só existe um exemplar em milhões de estrelas, isso basta para que seja feliz quando a contempla."



"Para enxergar claro, bastar mudar a direção do olhar."



"Os homens cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim e não encontram o que procuram. E, no entanto, o que eles buscam poderia ser achado numa só rosa."



"Não lhe direi as razões que tens para me amar, pois elas não existem. A razão do amor é o amor."



"O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca."



"São tão contraditórias as flores! Mas eu era jovem demais para saber amar."



"E eu compreendi que não podia suportar a ideia de nunca mais escutar esse riso. Ele era para mim como uma fonte no deserto…"



"Tornas-te eternamente responsável por aquilo que cativas."



"Todas as pessoas grandes foram um dia crianças, mas poucas se lembram disso."

 

***

O Pequeno Príncipe - Saint-Exupéry

PENSAMENTOS DE DEUS...

- Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.
- Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei.
- E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração. (Jeremias 29:11 ao13)

PENSAMENTOS DE DEUS...

UM PEQUENO PRESENTE

O Rev. Chalfant conta a história de um casal que estava comemorando bodas de ouro.
Alguém perguntou ao marido qual era o segredo do sucesso de seu casamento.
Como as pessoas mais idosas costumam fazer, o marido respondeu à pergunta com uma história.
Sua esposa, Sarah, foi à única namorada.
Ele cresceu em um orfanato e trabalhou muito para conquistar o que desejava.
Nunca teve tempo para namorar até o dia em que conheceu Sarah.
Antes que o jovem pudesse refletir, Sarah fez com que ele a pedisse em casamento.
Depois das promessas feitas no dia da cerimônia nupcial,
o pai de Sarah chamou o noivo de lado e entregou-lhe um pequeno presente, dizendo:
- Dentro deste presente, está tudo o que você necessita saber para ser feliz no casamento!
Nervoso, o jovem noivo rasgou a fita e papel para abrir o presente.
Dentro da caixa, havia um grande relógio de ouro.
Ele o pegou com cuidado.
Depois de examina-lo atentamente, ele viu no mostrador uma frase que leria, obrigatoriamente,
todas as vezes que quisesse saber as horas...
palavras que continham o segredo de um casamento feliz:
"DIGA ALGUMA COISA BONITA A SARAH!"

Extraído do livro ''Histórias para o coração''
Autor: Morris Chalfant