Prisão psicológica


Prisão psicológica quando se vive preso sem grades ou algemas

Muitas pessoas podem não entender como alguém pode se deixar viver preso sem ter cometido nenhum tipo de crime,como alguém pode se sentir dono da vida alheia ao ponto de privar essa criatura do direito mais simples e comum a qualquer ser humano, que é a liberdade de poder viver, o direto de ir e vir, é sem duvida uma situação curiosa e difícil de entender para muitas pessoas, mais infelizmente isso ainda acontece nos dias de hoje, não poderia dizer com qual frequência mais a verdade é que existem pessoas que por algum motivo sentem-se donos da vida de outro e acabam destruindo todas as possibilidades que o outro teria de viver, de ser feliz , de existir como gente.
Às vezes me questiono sobre esse tipo de comportamento, e o que leva uma pessoa a se sentir dono de outro, e ao mesmo tempo o que leva alguém a se submeter a esse tipo de condição de vida, quem oprime, toma conta da vida de alguém sempre justifica seu ato imundo como sendo uma atitude de amor e proteção, mais isso nada tem a ver com sentimentos de amor, essa situação só podemos chamar de prisão psicológica.
Mas ao mesmo tempo posso dizer que são tantas coisas que levam alguém a se tornar um morto vivo, tendo sua vida direcionada, guiada por outro, muitas vezes não há o que fazer, quando se percebe a situação em que se está , não tem como reagir, é como se ao se apossar da nossa vida a pessoa fosse também aos poucos sugando nossas forças, nossas energias , podem ser situações de milhares de mulheres que ao começar a conviver com seus companheiros perdem o direito básico de se considerar gente, ela passa a ser somente uma propriedade de seu companheiro, e vive essa situação doentia sem ter como sair, muitas vezes por medo elas se submetem, e o tempo só faz baixar sua auto estima e oprimir suas forças, até que em dado momento pra ela tanto faz o que se passe ao seu redor, poucas são as mulheres que ao serem envolvidas numa situação assim conseguem se libertar, na maioria das vezes elas envelhecem sem saber o que é viver, poucas conseguem dar a volta por cima e se livrar de seu opressor.
Mas não somente os maridos se apossam das vidas de suas mulheres, também há casos de mães dominadoras, que aos poucos vai se apossando da vida daquela criatura que colocou no mundo, se valendo da doce condição de ser mãe, de ter lhe gerado e colocado no mundo, nesse caso torna-se ainda mais complicado tomar uma atitude, e a pessoa acaba se calando e vendo toda a vida que seria sua, passar á sua frente sem que ela possa viver, é uma sensação de que se está preso sem uma culpa aparente, onde você é mais culpado do que um criminoso, pois até os criminosos tem direitos garantidos por lei, mais uma pessoa nessa situação não tem direito sequer de expressar seus pensamentos, vive o que a vontade dos outros quer, faz somente o que lhe é permitido, não pode isso, não deve aquilo, é não tem como se rebelar, como reagir porque ela é sua mãe e qualquer coisa que você tente dizer ou fazer em seu favor é considerado uma grande falta de respeito, e ai você vai calando e aceitando todas as condições impostas, todas as situações por mais ridículas, covardes e sem lógica que possam parecer, você se anula como gente, é tudo isso vai dando a estranha sensação de que se está murchando por dentro, e deve ser isso mesmo que acontece, e todas as coisas ao redor vão aos poucos perdendo a graça, as cores, você já não pode ter amigos, e nem ir a lugar nenhum a menos que sejam os lugares que sua mãe vá, mais ai qual é a graça se ela tem dobro de sua idade e as coisas que ela curte ou gosta de fazer não têm nada a ver com você, sem contar que você não é mais uma criança, já um adulto, mais é isso que te é permitido e você só tem um opção, e nem ouse argumentar, não há saída porque você mesmo já não se sente como ninguém, chorar não adianta porque só ia aumentar sua dor, já que ao lhe ver chorando ele diria que você reclama de tudo e ainda se faz de coitadinha, de vitima, mais você já desenvolveu várias habilidades com tudo isso que te é imposto, tais como: engolir todas as ofensas e grosserias, todas as Injustiças sem nunca poder dizer nada, e a principal de todas que é chorar pra dentro, pode lhe parecer estranho, mais só quem vive situações complicadas como essas sabem do que estou falando, e quando isso acontece as lágrimas parecem que escorrem quentes sobre o coração e doe de uma maneira que não dá pra explicar, mais é a única maneira que nos é permitido chorar sem que seja ainda mais ofendida, sem se sentir envergonhada com toda essa situação, e sem que as pessoas a sua volta percebam.
Muitas vezes a pessoa pensa o que fez de errado? Porque tudo tem que ser assim? Será que um dia isso tudo terá um fim? Talvez até possa ser que um dia seu opressor se toque do mal que te faz e tente corrigir o próprio erro, mais ai será tarde demais porque a vida já passou, as coisas perderam a graça, não há mais o que fazer, pois o tempo não espera por ninguém e tão pouco volta atrás, você passou pela vida e por medo, respeito, covardia deixou de viver.
Somente Deus pode operar um milagre, mas o tempo passa e cada vez mais você estranhamente começa a acreditar que tudo aquilo acontece contigo porque você fez algo por merecer, é quando você enfim já desacreditada de tudo, se convence de que a única saída é calar e entregar a Deus para que Ele se encarregue de fazer justiça.
fonte: o sabetudo.com
0

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com