MENU

domingo, 28 de outubro de 2012

À Distância

Uma canção popular do passado, chamada “À distância”, imagina um mundo de harmonia e paz. Ela diz: “Deus nos observa à distância”. Deveras, Deus nos observa, mas não à distância. Ele está presente no quarto com você, bem à sua frente, olhando-o com amor irrestrito em Seus olhos.
Penso no exemplo do Irmão Lawrence, que passou longos anos trabalhando numa cozinha lavando panelas e frigideiras e fazendo reparos nas sandálias de outros monges. Ele escreveu: “Tanto quanto pude, coloquei-me diante dele como adorador, fixando minha mente em Sua santa presença”.
Essa tarefa também nos pertence. Mas nós nos esquecemos e, às vezes, precisamos de lembretes da Sua presença. Preguei um velho prego feito à mão na prateleira sobre minha escrivaninha para lembrar-me de que o Jesus crucificado e ressurreto está sempre presente. Nossa tarefa é lembrarmo-nos de ter o Senhor “… sempre à minha presença…” (Salmo 16:8) – saber que Ele está conosco até “a consumação do século” (Mateus 28:20) e que Ele “… não está longe de cada um de nós” (Atos 17:27).
Lembrar-se pode ser tão simples quanto recordar que o Senhor prometeu estar com você ao longo de todo o dia e dizer-lhe: “Bom dia”, “Obrigado”, “Socorro!” ou “Eu o amo”.

FONTE: David H. Roper

À Distância

Andando por sobre as águas(em meios os problemas)
Veja! Lêia essa istória de Pedro. Livro de Mateus Cap. 14.22-32
Ele desejava o milagre mas não deu a atenção necessária para chegar até o fim.


Já observou no circo, o artista atravessando de um lado para o outro sobre uma corda com uma vara na mão para ajudar no caminho:
Veja o tanto de concentração que aplica para não cair. Apesar de tudo ele(a) é tentado(a) a olhar em várias direções, inclusive para você. Certamente cairá ao tirar os olhos da corda.

A tempestade citada: por se tratar do livro de Deus que é um livro espiritual, significa o levante de todos os problemas laçados em nós.


Pedro começou afudar, por que acreditou que a tempestade=(problemas) era maior do que Deus(Jesus)
A corda e a vara citada acima é um alerta para dar ouvido somente a Palavra de Deus. Aquele que tira os seus olhos da palavra concerteza vai afundar como Pedro. Não espere Jesus dizer: Homem, ou, mulher de pequena fé por que duvidou?

ande pelo impossivel