A Mais Bela das Vitórias

A Mais Bela das Vitórias

Texto Bíblico: 2º Crônicas 20.13-15: "Todo o Judá estava
em pé diante do Senhor, como também as suas crianças, as suas
mulheres e os seus filhos. Então, veio o Espírito do Senhor no
meio da congregação, sobre Jaaziel, levita, dos filhos de Asafe, e
disse: Dai ouvidos, todo o Judá e vós, moradores de Jerusalém,
e tu, ó rei Josafá, ao que vos diz o Senhor. Não temais, nem
vos assusteis por causa desta grande multidão, pois a peleja não
é vossa, mas de Deus".

Reflexão: Diante do povo de Judá estavam três exércitos
reunidos e prontos para guerrear. As Escrituras nos diz que, ao saber da
presença dos inimigos, o Rei Josafá teve medo e apregoou um jejum
para todo o povo de Judá. Assim, eles se reuniram para pedir o
socorro do Senhor para a batalha que se avizinhava, pois a perspectiva
de uma grande derrota era iminente, pois eles não tinham como
enfrentar o terrível inimigo. Não havia estratégia que
funcionasse para o caso. Eram três exércitos contra apenas um e a
capacidade militar dos exércitos era muito maior do que podiam
enfrentar. A única estratégia disponível para aquele momento
era o jejum e a oração; perguntar a Deus o que fazer diante de tão
difícil situação, e eles fizeram isso. O rei, seus líderes e
povo juntos, numa corrente de oração e jejum, a fim de ouvir o que
Deus tinha reservado para aquele momento. Eles tiveram medo, mas
buscaram o Senhor com fé. Juntaram as suas forças e permaneceram
num mesmo propósito, jejuaram até alcançar a resposta.
Josafá e seu povo meditaram na Palavra e em todas as bênçãos e
livramentos que o Senhor já havia promovido em sua história, para
que a sua esperança fosse renovada em suas promessas. Não havia
murmuração em seus lábios, apenas louvor e adoração ao Senhor.
Eles ficaram de pé diante de Deus aguardando a sua resposta e a
resposta veio: "a peleja não é sua, mas de Deus". O nosso
Senhor conhece as nossas dores e se importa com elas, por isso Ele toma
as nossas lutas em suas mãos. Confiar, quando o medo chegar; orar
quando as forças parecem sumir; jejuar para ouvir a Deus; louvar e
adorar a Jesus, porque só Ele pode nos conceder o livramento em
nossas batalhas. Na frente do exército de Judá não havia
guerreiros, mas adoradores. Ao invés de flechas e espadas, louvor, e
foi como eles venceram. É assim que vencemos nossas batalhas: fé,
obediência, compromisso com o Senhor e um louvor nos lábios, pois
as nossas pelejas não são nossas, mas de Deus.

Oração: Amado Senhor, ensina-nos a render ações de graças por
todas as bênçãos que tens nos concedido. Mesmo quando não sejam
da forma que planejamos, mas nos alegramos nelas, porque queremos ser
completamente dependentes da tua misericórdia, porque ela é boa e
dura para sempre. É o que oramos em nome de Jesus. Amém!

O Maná do Senhor

Rev. Fred Souto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com