quarta-feira, 16 de novembro de 2011

CONTROLE o tom de sua voz!

CONTROLE o tom de sua voz!
Já notou como é desagradável quando alguém se dirige a você em tom áspero?
Pois faça aos outros o que gosta que os outros façam a você.
Mesmo quando repreender, faça-o com voz calma e educada, como gostaria que o repreendessem quando você erra.
Lembre-se de que, em geral, somos odiados ou amados, de acordo com o tom de voz que empregamos.
Do livro MINUTOS DE SABEDORIA, de C. Torres Pastorino
Ed. Vozes

dia mundial da gentileza

Dia Mundial dos Atos de Gentileza. Dia de ceder lugar para o idoso, de dar a preferência para alguém no trânsito, de abrir a porta do elevador para um vizinho. Dia de, principalmente, refletir que gentileza não precisa de data certa para ocorrer. Pelo contrário. Está no cotidiano, nas coisas mais simples e faz bem a quem dá e a quem recebe. Isso é o que defende a Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV), que no Brasil representa o Movimento Mundial pela Gentileza, criado no Japão em 1996, a partir de constatações científicas de que a gentileza faz bem também a quem é gentil. As pesquisas demonstram, por exemplo, que essas pessoas são mais saudáveis e longevas, além de terem relacionamentos melhores e mais duradouros. No trabalho, são mais produtivas e alcançam melhores cargos em suas funções, sucesso e felicidade, consequentemente.

Mas o que caracteriza uma pessoa gentil? Segundo Sâmia Simurro, mestre em psicologia e vice-presidente da ABQV, gentileza é um jeito de ser que demonstra uma genuína preocupação com o outro. “A única motivação para ser gentil é um desejo real de ajudar as pessoas e fazê-las se sentirem bem.” A ideia de que ser gentil é ser amável com o outro ganha aqui novos contornos. “É preciso ser gentil com você, e quando o somos com os outros também estamos sendo conosco.”


É preciso, entretanto, aprender a ser gentil. Segundo o psiquiatra e homeopata Aloísio Andrade, é mais natural ao homem ser egoísta do que gentil, e isso está diretamente relacionado ao seu desenvolvimento. “Gentileza é algo construído. Não é algo natural. As pessoas gentis são as que foram treinadas para isso. Infelizmente, nem todo mundo que foi treinado é gentil.” Para o especialista, a verdadeira gentileza não é subserviente, não serve ao outro. É sim uma alegria que temos de reconhecer no outro uma parte de Deus que não está na gente. Mas é pragmática. “Ser gentil atrai gentileza.”